Dra. Lia Alves Schinetski, PHD

Você sabia que dor crônica encolhe o cérebro?

 

 

 

Pode parecer sensacionalismo, mas é a mais pura verdade. Eu também fiquei surpresa ao ouvir essa afirmação pela primeira vez, quando eu estava no curso de “Tratamento interdisciplinar da dor” na Faculdade de Medicina da USP.

 

A dor afeta várias áreas do cérebro e, se não for adequadamente tratada, causa alterações plásticas que diminuem a massa cinzenta.

 

O Dr. Apkarian, neurocientista da Universidade de Chicago, demonstrou que pacientes com dor crônica apresentam volume de massa cinzenta de 5 a 11% menor do que em pessoas sem dor, o equivalente à atrofia que acontece no cérebro ao longo de 10 a 20 anos de envelhecimento normal. O volume diminuído está relacionado à duração da dor sendo 1,3cm3 de perda de massa cinzenta para cada ano de dor crônica.

 

Alguém poderia perguntar: “Se eu não tratar uma dor crônica vou ficar menos inteligente com o passar dos anos?”. De certa forma é isso mesmo o que acontece.

 

Mas a boa notícia é que se a dor for tratada de forma eficaz há a possibilidade de reversão da densidade de massa cinzenta.

 

Então, se você sofre com qualquer tipo de dor crônica, não fique tomando analgésicos indiscriminadamente. Busque tratamento o quanto antes – o seu cérebro agradece!

 

 

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Seu E-mail:


, , , , , , , ,

Comentários

Nenhum comentário ainda

Deixe um comentário

(não será divulgado)