Dra. Lia Alves Schinetski, PHD

Tratamento inovador para cefaleia tensional (dor de cabeça), dor no rosto e zumbido

 

Você costuma ter dor de cabeça no final do dia?

 

Sente seus músculos do rosto cansados, dificuldade de abrir a boca ou de mastigar alimentos mais duros?

 

Tem sintomas no ouvido, como dor, zumbido ou ouvido tampado?

 

 

 

Então continue lendo esse artigo, para conhecer um tratamento que pode solucionar esses sintomas!

 

 

Relação entre dor de cabeça e bruxismo de vigília

 

Para muitas pessoas, sentir dor de cabeça é algo corriqueiro e, na maioria das vezes, ao invés de procurar ajuda especializada, optam por tomar apenas um remédio. Essa atitude não é indicada e pode trazer prejuízos à saúde. Isso porque além dos riscos de tomar remédio sem orientação médica, ao se automedicar, você não descobre qual é, de fato, a causa da dor de cabeça.

 

Um dos tipos de dor de cabeça que mais afetam as pessoas é a cefaleia tensional. Ela é caracterizada por uma pressão na região das têmporas, bilateral. E ela é causada por uma contração inconsciente dos músculos da face, inclusive os músculos da mastigação.

 

Muitas pessoas têm o hábito de apertar ou encostar os dentes durante o dia enquanto estão fazendo suas atividades normais, trabalhando, dirigindo, numa situação em que a pessoa está mais concentrada ou mais ansiosa, e isso causa muita contração muscular, que pode levar à cefaleia tensional ou outros sintomas, como dor e cansaço no maxilar inferior, dor de ouvido, sensação de ouvido tampado e zumbido.

 

O hábito de apertar ou encostar os dentes durante o dia é chamado de bruxismo de vigília (que ocorre durante o dia). Para melhorar a cefaleia ou os outros sintomas associados ao bruxismo de vigília, é preciso parar de apertar os dentes durante o dia. Mas não é tão simples assim! Tem quem saiba que esse hábito causa dor, porém sem conseguir controlá-lo. Alguns pacientes inclusive relatam que apertam ou encostam os dentes mesmo em momentos em que não estão preocupados, em situações de lazer, enquanto assistem um filme, por exemplo.

 

 

Como fazer um tratamento alternativo, sem remédios?

 

Existe uma série de tratamentos alternativos que podem ajudar a aliviar a dor de cabeça assim que ela surgir. Fazer compressas quentes, por exemplo, é uma das formas de aliviar as dores causadas pela cefaleia tensional. Isso porque o calor vai relaxar os músculos e diminuir as dores.

 

As massagens e a fisioterapia manual também são alternativas que reduzem a tensão dos músculos e eliminam a dor de cabeça temporariamente. Tem ainda a acupuntura: uma técnica milenar que atua realinhando o fluxo de energia no corpo e aliviando a cefaleia.

 

Todos esses tratamentos são alternativas para quem não quer tomar remédios, porém, eles são sintomáticos e tem um efeito temporário. Como não atuam diretamente na origem da dor, a cefaleia acaba voltando e esses procedimentos precisam ser repetidos.

 

 

Tratamento LIVA: uma solução simples e inovadora

 

O tratamento LIVA é inovador porque ele promove uma reeducação do cérebro, para remover esse hábito ruim do bruxismo de vigília. A técnica é relativamente nova, está no mercado desde 2015. Entretanto, para chegar nele foram anos de estudos do Dr. Alain Haggiag, associando conhecimentos de Disfunção da ATM e neurociências, usando o princípio do biofeedback.

 

O diagnóstico é feito pelo exame clínico do paciente e um exame de eletromiogafia, que capta os sinais elétricos dos músculos, para identificar o grau de contração muscular.

 

Com base nos exames e no molde dos dentes (ou no escaneamento intra-oral), é confeccionado um dispositivo personalizado para cada pessoa. Esse dispositivo é chamado DIVA®, e é uma mini placa que fica presa nos dentes posteriores do paciente.

 

Ele é bem discreto, simples de usar, e monitora, em tempo real, os apertamentos dentários, tornando essa ação consciente, o que ajuda na reversão desse hábito. A ideia é que, a partir do uso do dispositivo (DIVA®), o paciente se reeduque e elimine gradativamente esse hábito e, consequentemente, a cefaleia tensional e demais sintomas. O tratamento LIVA dura em média 90 dias.

 

 

Resultados

 

As pesquisas com esse tratamento mostram que em geral há uma diminuição de cerca de oitenta por cento da dor em 30 dias, e depois a dor continua diminuindo gradativamente, conforme a pessoa aprende a manter os músculos da face relaxados.

 

É um tratamento extremamente eficaz, e sem a necessidade do uso de medicamentos. Ele é diferente justamente por isso: não é apenas um paliativo, ele atua diretamente na causa da dor, que é o apertamento dental.

 

 

Embasamento científico

 

O tratamento LIVA já ajudou mais de 700 pacientes a recuperar a qualidade de vida perdida causadas pelas dores de cabeça.

 

Os estudos feitos sobre o tratamento LIVA já foram apresentado em diversos congressos nacionais e internacionais, sendo premiado pela academia europeia de dor orofacial como pesquisa mais importante na área.

 

Além disso, a American Migraine Foundation (Fundação Americana de Cefaleia) recomenda o biofeedback como um dos tratamentos de escolha para o controle das dores de cabeça.

 

 

Conclusão

 

As dores de cabeça, dores na face, na ATM e sintomas no ouvido que são causados pelo bruxismo de vigília prejudicam muito a sua rotina, pois aumentam o estresse, a ansiedade e a tensão. A irritabilidade provocada pela dor atrapalha inclusive os relacionamentos no trabalho e em família.

 

Por isso, é fundamental procurar ajuda profissional o quanto antes. Entre em contato conosco para saber mais sobre o diagnóstico e o tratamento do seu problema.

 

Veja abaixo um vídeo da Dra. Lia explicando sobre o tratamento LIVA:

 

https://www.youtube.com/watch?v=CwGp2BtLUNY

 

 

 

    CONTEÚDO VIP
    Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

    Seu E-mail:


    , , , , , , , , , , , , , ,

    Comentários

    Nenhum comentário ainda

    Deixe um comentário

    (não será divulgado)