Dra. Lia Alves Schinetski, PHD

O que define um “Sorriso Perfeito”?

 

Um estudo recente realizado por uma Universidade da Califórnia afirma que sorrisos bonitos e naturais não são necessariamente simétricos e uniformes.

 

 

Nicholas Davis, autor da pesquisa, traçou em teoria alguns fatores que fazem um sorriso ser “perfeito”: o sorriso deve ter pelo menos metade da largura da face; os lados direito e esquerdo dos lábios devem ser simétricos e igualmente carnudos; enquanto os incisivos superiores devem ter o traço mais marcante do sorriso, os dentes inferiores não podem aparecer muito; a gengiva deve ter um tom de rosa pálido e não aparecer muito.
Em Odontologia Estética um princípio muito usado no planejamento de reabilitações dentais é o da Proporção Áurea. Este é um conceito utilizado desde a Antiguidade e constitui uma fórmula matemática observada em elementos da natureza e também encontrada no corpo humano, que expressa a proporcionalidade entre as partes.

 

Essa relação matemática faz com que partes desiguais pareçam proporcionais e harmônicas. A proporção áurea foi muito usada na arte, em obras como a Mona Lisa de Leonardo da Vinci, por exemplo. Por isso, quando achamos algo bonito, pode ser que a proporção áurea esteja por trás disso. Os grandes artistas, arquitetos e escultores sempre lançaram mão deste princípio.

 
A aplicação da proporção áurea na Odontologia baseia-se na largura aparente dos dentes quando vista de um aspecto frontal. O uso desta proporção serve para orientar uma reconstrução estética, principalmente quando são feitas coroas de porcelana, facetas laminadas ou lentes de contato. Entretanto, deve-se sempre levar em conta as características de cada paciente, buscando o “sorriso ideal” para cada pessoa. Mesmo os sorrisos sem a ocorrência de proporção áurea podem ser considerados harmônicos.

 

É certo que um sorriso com desvio de linha mediana, dentes desalinhados e escuros não será considerado belo. Mas a simetria perfeita pode levar à monotonia, falta de expressão e não ser tão agradável como uma face com pequenas assimetrias que caracterizem um sorriso bonito e natural.

 
Se você quer ter um sorriso bonito, priorize a sua saúde bucal. E converse com um dentista para saber se é possível torná-lo mais harmônico e proporcional.

 

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Seu E-mail:


, , ,

Comentários

  1. LÚCIA disse:

    Conheci seu trabalho e gostaria de saber se Dra atende convênio Uniodonto

Deixe um comentário

(não será divulgado)