Dra. Lia Alves Schinetski, PHD

Placa de mordida: qual é a importância no tratamento de Disfunção da ATM e bruxismo?

 

No mês de julho de 2015 a revista Saúde publicou uma matéria bem interessante sobre o uso do laser para o tratamento de Disfunção da ATM (DTM).

 

A minha mãe, que é assinante e leitora assídua, ficou bem interessada no artigo, já que ela sabe que essa é a minha área de atuação.

 

Mas uma coisa a deixou intrigada e ela veio comentar comigo: “A revista falou que as placas de mordida estão caindo em desuso. Isso é verdade?”.

 

Imagino que assim como a minha mãe, muitas outras pessoas devem ter ficado com essa dúvida. Talvez você já use uma placa e agora está pensando: “Será que eu estou usando uma coisa inútil?”. Ou então algum dentista falou que você vai precisar usar e você está considerando se vai valer a pena ou vai ser dinheiro jogado fora.

 

Por isso acredito que é muito importante esclarecer esse assunto.

 

Então continue lendo esse artigo para você saber mais sobre o que é e em quais situações a placa pode ser útil para você.

 

 

 

As famosas “plaquinhas”…

 

As placas têm vários nomes diferentes. No dia-a-dia de quem as usa, elas são carinhosamente chamadas de “plaquinhas”! rs

 

Os nomes mais técnicos são placa oclusal, placa de mordida, placa de estabilização, etc. Na verdade, o nome não importa muito porque elas têm sempre as mesmas funções: relaxamento da musculatura, estabilização da articulação e proteção dos dentes.

 

São usadas há décadas no tratamento da DTM e, infelizmente, acabaram sendo um pouco banalizadas. Eu digo isso porque alguns profissionais indicam a placa indiscriminadamente, como se ela fosse uma solução mágica. Mas ela só vai ter efeito quando há um diagnóstico correto e uma boa indicação.

 

 

 

O que é mesmo DTM?

 

ATM é a sigla para uma articulação que temos na face, logo à frente do ouvido.

 

Essa é uma das mais complexas articulações do corpo humano, responsável por mover a mandíbula para frente, para trás e para os lados. Qualquer problema que impeça o adequado funcionamento deste complexo sistema de músculos, ligamentos, discos e ossos é chamado de Disfunção da ATM ou DTM. Leia mais no meu post: Eu tenho ATM!

 

Disfunção da ATM ou Disfunção Temporomandibular é um termo muito amplo, que designa uma variedade enorme de condições. Por isso, o dentista tem que ter muito conhecimento no assunto para diagnosticar especificamente qual o tipo de DTM que determinado paciente apresenta para estabelecer o tratamento mais adequado para ele.

 

Existem casos em que o uso da placa é fundamental e em outros ela pode até ser dispensada.

 

 

 

Já usei uma placa de mordida e ela não resolveu o meu problema!

 

Essa é uma frase que eu sempre ouço de algumas pessoas.

 

Um dos problemas que acontecem é que às vezes a placa é feita sem nenhum critério. Alguns dentistas, por desconhecimento, fazem placas macias (como as de silicone). Essas placas devem ser indicadas apenas para clareamento dental ou como protetores esportivos, porque no caso de uma pessoa que range ou aperta os dentes a noite, ela vai causar mais apertamento e mais tensão na musculatura.

 

Quando você está com um chiclete na boca, o que você faz? Provavelmente você fica mascando até ele perder aquele gostinho doce, né? É exatamente isso que a pessoa faz quando está com uma placa mole na boca, fica apertando os dentes e mascando a placa como se fosse um chiclete.

 

Em outros casos, a placa pode não resolver porque o dentista fez uma placa rígida (do jeito que tem que ser), mas sem nenhum ajuste da mordida. Infelizmente recebo muitos pacientes com placas que só tem contato com os dentes do fundo na arcada dentária oposta.

 

Além de tudo isso, pode ser que a pessoa esteja usando uma placa adequada, bem ajustada, e mesmo assim os sintomas continuam. Isso acontece porque em muitos casos a placa sozinha não é capaz de resolver o problema. Está comprovado que o melhor tratamento para DTM é aquele que usa várias terapias associadas ao uso da placa.

 

Uma placa mal feita ou mal indicada não resolve a dor que a pessoa tem e aí esse tipo de tratamento passa a ficar desacreditado. E isso é uma pena!

Estudos comprovam a eficácia da placa de mordida

Diversas pesquisas têm sido publicadas no mundo todo comprovando a eficácia da placa em determinados casos de DTM. Alguns resultados são até mesmo surpreendentes!

 

Neste ano de 2015, um time de cientistas japoneses demonstrou que quando uma pessoa aperta os dentes usando uma placa de acrílico, acontece ativação de várias regiões cerebrais, incluído as áreas associadas à coordenação motora, memória e aprendizado. Eles verificaram que a oxigenação sanguínea foi maior quando as pessoas apertavam os dentes usando uma placa acrílica do que quando usavam uma placa de silicone ou não usavam nada entre os dentes.

 

Uma equipe de pesquisadores brasileiros muito conceituados internacionalmente também publicou um estudo esse ano que mostrou que a placa tem influência no cérebro e por isso também está relacionada à melhora de aspectos psicológicos, como os sintomas de ansiedade, depressão e catastrofização (focar no seu problema).

 

 

 

Em quais casos a placa é importante no tratamento?

 

Uma das alterações na ATM mais difíceis de serem tratadas e com menor chance de sucesso é o deslocamento de disco sem redução. Esta é uma situação em que o disco da ATM (que funciona como o menisco do joelho, um amortecedor entre dois ossos) fica deslocado para a frente e impede que a pessoa abra a boca sem algum tipo de limitação ou dor. Pesquisadores holandeses demonstraram que a placa estabilizadora foi eficaz em 89,1% destes casos, ao longo de 3 meses a 1 ano de tratamento – um resultado excelente para essa condição!

 

 

Muitas pessoas que sofrem de Disfunção da ATM também apresentam algum sintoma no ouvido. Uma boa parte dos pacientes que recebo no meu consultório foi encaminhada por algum Otorrino, já que é muito comum a pessoa procurar o médico por dor de ouvido, zumbido ou outro sintoma desse tipo e o profissional ver que está tudo bem com o ouvido, mas que provavelmente o paciente tem Disfunção.

 

 

Nesses casos a placa também tem se mostrado muito eficaz. Pesquisadores da Finlândia demonstraram que o uso da placa estabilizadora foi útil para diminuir dor de ouvido que acontece por causa da Disfunção da ATM. E outra pesquisa, realizada Alemanha, demonstrou que a placa diminuiu o zumbido em 44% dos casos.

 

Para finalizar esse assunto, não posso deixar de comentar a importância da placa para os pacientes que apresentam bruxismo do sono (quando a pessoa range ou aperta os dentes ao dormir). Nesse caso, não tem como fazer um monte de tratamentos, aplicar o laser vários dias seguidos, alongar a musculatura, prescrever medicamentos, etc, mas deixar o paciente dormir sem usar uma placa.

 

Isso é até uma questão de bom senso! Se a pessoa continuar apertando os dentes sem nenhuma proteção à noite, o problema vai continuar.

 

O que é mais complicado no caso do bruxismo noturno é que isso é determinado pelo cérebro. Portanto, não há uma forma de curar o bruxismo. A placa nada mais é do que um “gerenciamento” do problema. Com a placa o paciente vai continuar apertando ou rangendo os dentes ao dormir, mas pelo menos isso não trará consequências ruins para os músculos, dentes e ATM.

 

Por isso eu digo que uma pessoa que range os dentes todas as noites a vida inteira precisa dormir todas as noites com uma placa para, no mínimo, proteger os dentes de grandes desgastes. Outras pessoas só apertam os dentes em alguns períodos, quando estão mais estressadas. Nesse caso a placa pode ser usada temporariamente.
Uma outra opção para quem tem bruxismo é a aplicação de Botox. Ele também não faz com que a pessoa para de ranger ou apertar os dentes, mas pelo menos a pessoa vai fazer isso com menos força, consequentemente vai ter manos desgaste nos dentes e dor na musculatura. Se você quiser saber mais, leia o meu post – Botox: uma nova modalidade de tratamento para quem tem Disfunção da ATM ou Bruxismo.

 

 

 

Concluindo…

 

Antes de usar uma placa, é importante que o dentista tenha certeza do diagnóstico para estabelecer um bom plano de tratamento.
Em algumas situações pode até ser que o paciente nem precise de placa, mas apenas outros tipos de tratamento.

 

 

Muitas vezes uma boa orientação ao paciente já é o suficiente para cessar a dor, desde que ele entenda o que causa DTM, quais os hábitos ruins que ele deve deixar de repetir e quais os exercícios de alongamento, fortalecimento muscular e fisioterapia que ele pode fazer em casa para aliviar a dor.

 

 

Nos casos de bruxismo, deslocamento de disco e sintomas no ouvido (que já foram examinados por um Otorrino e diagnosticados como consequência da DTM) o uso da placa pode ser muito útil e realmente trazer o alívio dos sintomas.

 

 

Você pode ler mais sobre DTM em outros posts:

 

10 respostas simples para as maiores dúvidas sobre Disfunção da ATM

 

Laser: um novo tratamento para você que tem dor por Disfunção da ATM

 

Porque algumas pessoas têm estalos quando abrem a boca?

 

sintomas Disfunção ATM

 

 

Portanto, se você tem algum sintoma de Disfunção da ATM, procure um dentista especialista em Dor Orofacial e DTM. É ele quem vai dizer qual é o tratamento mais apropriado para o seu caso.

 

 

Espero que esse texto tenha sido útil. Se você tiver alguma dúvida, deixe aqui nos comentário e rapidinho eu respondo!

 

Até a próxima!!!

 

Lia

 

 

Referências:

Ariji et al. Cranio. 2015 Jun 19
Costa et al. Arch Oral Biol. 2015 May;60(5):738-44.
Zonnenberg & Mulder. Cranio. 2014 Jan;32(1):68-74.
Kuttila et al. Acta Odontol Scand. 2002 Aug;60(4):248-54.
Buergers et al. J Prosthet Dent. 2014 Mar;111(3):222-7.

 

 

 

 

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Seu E-mail:


, , , , , , ,

Comentários

  1. Rosemary alves disse:

    Muito interessante Dra. Pena qe moro em Campinas, já fui em vários especialistas e não resolveram o problema. Uso um aparelho de acrílico para dormir, mas meus zumbido aumentou.

    • Lia Alves Lia Alves disse:

      Oi Rosemary! Tenho um artigo sobre zumbido também, se tiver interesse dê uma lida. Às vezes o zumbido está relacionado com pontos de gatilho musculares. Nesses casos só a placa não vai resolver mesmo, é preciso tratar esses pontos, que são como nózinhos que ficam dentro de um músculo que está muito tenso. Não conheço ninguém em Campinas pra te indicar, infelizmente. O meu consultório fica em São José dos Campos, a 1 hora e meia de distância. Aos sábados eu atendo os pacientes que moram em outras cidades. Então, se vc se dispor a vir até aqui, terei prazer em te ajudar! Bjs

  2. Emília disse:

    Li o seu artigo, gostei muito. Esclareceu algumas dúvidas que tinha. Eu tenho disfunção na ATM e uso esse aparelho em acrilico quando vou dormir. Grata!

  3. Mônica disse:

    Olá Dra!
    Muito bom o seu site, eu tenho ATM fui diagnosticada tem 2 anos foi identificado no meu caso o estresse como fator pois não tenho bruxismo desde então foi sugerido o uso da placa achei muito caro o valor e não fiz o tratamento, hoje tenho dores musculares na região com mais frequência ainda não tinha encontrado algum site que me convencesse o uso dela, porém no momento estou utilizando o aparelho fixo ele pode agravar minha situação? Mais neste caso qualquer estresse/nervoso que passo ativa a contração e dores fortes de cabeça comparadas a enxaqueca. A minha dentista sugeriu o botox pra mim ontem e pediu que eu me informasse mais, seu site ajudou bastante. Por hora só o botox pode auxiliar no meu caso?

    • Lia Alves Lia Alves disse:

      Olá Mônica! O ideal teria sido fazer o tratamento antes de colocar o aparelho, porque com a movimentação dos dentes normalmente a dor aumenta em quem já tem problema de ATM. Enquanto você está com aparelho fixo você pode fazer aplicação de Botox, sim, é uma boa opção. Além disso, pode fazer uso de bolsa de água quente no músculo seguido por alongamento. E tem também outras alternativas como o laser e o TENS. Você mora em qual cidade? Dependendo do local eu posso te indicar algum colega. São poucos os dentistas que atuam nessa área.

  4. Mônica disse:

    Muito obrigada! Moro em SP – Zona Sul o laser e o TENS ainda não conheço, vou pesquisar, aceito as indicações rs

    • Lia Alves Lia Alves disse:

      Mônica, tenho algumas colegas especialistas em ATM e uma que é especialista em Botox, que atendem em São Paulo. No fim de semana vou encontrá-las em um Congresso e vejo se alguma atende na zona Sul, para eu te passar as indicações. Até mais!

  5. Daniele disse:

    Olá Dra,
    Primeiramente parabéns pelo site!
    Tenho problema de ATM a mais de 10 anos, qdo descobri usei aparelho ortodôntico para corrigir e tratava também com bucomaxilo e fonoaudióloga.
    Infelizmente perdi todos os contatos, agora voltei a sentir dor e passei com uma dentista que fez a placa de silicone porém nos dentes de baixo, estou em dúvida se funciona porque só vi até hj nos dentes de cima?
    Minha mordida está alinhada e com a placa não consigo encostar os dentes dá frente que ficam com espaço grande ela pode entortar minha mordida ?
    Moro em SP zona Sul poderia me indicar um especialista ?
    Obrigada.

    • Lia Alves Lia Alves disse:

      Olá Daniele! A placa pode ser tanto nos dentes superiores quanto nos inferiores, mas ela não deve ser de silicone, sempre tem que ser rígida, de acrílico. E se há um espaço entre os dentes da frente quando você usa a placa, pode entortar a sua mordida sim. E também pode causar impacto ruim na ATM. Sugiro que você pare de usá-la. Infelizmente não conheço nenhum dentista pra te indicar na zona sul de SP.

  6. Carolina disse:

    Gostaria de saber se existe alguma relação entre a DTM e o nascimento dos sisos?

    Tenho 33 anos e meus sisos resolveram nascer, desde o aparecimento destes comecei a ter os sintomas da DTM.

    Agradeço a atenção!

    Carolina.

    • Lia Alves Lia Alves disse:

      Olá Carolina! Não existe relação entre DTM e o nascimento dos sisos. Mas pode acontecer de a pessoa sentir dor quando os sisos estão nascendo e essa dor fazer com que a pessoa aperte mais os dentes e, consequentemente, tenha dor relacionada à DTM. Pela minha experiência, essa situação é a menos provável. O mais comum é haver dor devido à inflamação na gengiva que fica ao redor do dente do siso (quando ele está numa posição desfavorável para nascer, o que geralmente acontece com pessoas na sua faixa etária em que o siso ainda não nasceu totalmente ou não foi extraído), ou então alguma cárie no siso que cause dor espalhada no rosto. Por isso, é importante investigar todas essas possibilidades para ter certeza do que causa a sua dor. Várias vezes recebi pacientes encaminhados por colegas, com diagnóstico de dor por DTM e que naqueles casos a causa da dor não era DTM, e sim o próprio siso.

      • Carolina disse:

        Olá Lia!
        Muito obrigada pela resposta. Eu retirei os sisos, mas continuo com os sintomas de estalidos quando abro a boca, e rigidez/contracção muscular na nuca. Minha dúvida, é possível detectar atrvés de exames q se trata de disfunção de atm? Ou está relacionado apenas a parte de postura?

        Obrigada!

        • Lia Alves Lia Alves disse:

          Carolina, o diagnóstico de Disfunção de ATM é predominantemente feito no exame clínico.O dentista faz palpação dos músculos, da ATM, mede a abertura da boca, avalia os estalos, faz alguns testes de movimentos da boca, etc. Se necessário, são feitos exames complementares, como radiografia de ATM e ressonância magnética. A avaliação da postura também é importante, pode ser feita pelo dentista especializado ou, de preferência, por um fisioterapeuta.

  7. Tanara disse:

    Olá! Uso a placa para dormir já há muitos anos, porém ainda estou com desgastes nos dentes. Fui recomendada a extrair os sisos que estão em posição normal, para a placa ficar mais firme e cumprir melhor sua função. Você acha que faz sentido? Estou com 30 anos e uma preguiça enorme de extrair os sisos que nunca me deram problema…

  8. Roseli disse:

    Quem sofre de ATM além de dores de ouvido tbm pode sentir tonturas muito forte?

    • Lia Alves Lia Alves disse:

      Bom dia Roseli. A pessoa que tem DTM pode ter tonturas, mas não constumam ser muito fortes. Pode ser que no seu caso você tenha problema de ATM associado à algum outro fator. É importante se consultar com algum otorrino e talvez com algum especialista em cervical (porque muitas vezes a tontura está relacionada à cervical).

  9. Roseli disse:

    É normal ter tontura forte por causa daquele ATM?

  10. Adriana disse:

    Ola, fui diagnosticada com atm, mas nunca tive dor. Preciso tratar? Obrigada

    • Lia Alves Lia Alves disse:

      Oi Adriana! Dependendo do caso, é necessário tratar sim. Mas é necessária uma investigação detalhada pra te dar a resposta certa para o seu caso específico.

  11. Cláudia disse:

    Olá, Dra. Lia.
    Achei interessante seu artigo e gostaria de fazer uma placa, pois meus dentes estão gastos, apesar de não sentir dor. Minha dentista indicou a placa de silicone, acabei fazendo mas, pelo que li, não é indicada. É possível indicar-me uma especialista em São Paulo? Moro na Vila Madalena, região oeste. Muito obrigada, Cláudia.

    • Lia Alves Lia Alves disse:

      Olá Cláudia! Sim, indico o Dr. Wagner Oliveira, excelente dentista, foi meu professor na Unesp. O consultório é em Pompéia. Tel: (11) 3673-2085

Deixe um comentário

(não será divulgado)