Odontologia do Sono

Menu

As pessoas dizem que você ronca? Você se sente sonolento ou muito irritado durante o dia? Você tem notado falta de concentração ou problemas de memória? Se esses sintomas descrevem a sua situação, é importante que você faça exames para diagnosticar se você tem apneia do sono.
  
Você pode estar se perguntando: O que um dentista tem a ver com um problema do sono? Bem, as suas vias aéreas, o alinhamento dos maxilares e as estruturas de dentro da boca são a área de atuação do dentista. E os desequilíbrios que causam ronco e apneia leve ou moderada podem ser solucionados de forma simples por meio de um tratamento muito eficaz com um aparelho intra-oral.
  
Para que o corpo e o cérebro funcionem da melhor forma, é necessário que a pessoa tenha um sono profundo e reparador. Mas quando a pessoa tem apneia, o sono é interrompido muitas vezes durante a noite por paradas respiratórias. Pode acontecer de a pessoa acordar assustada, como se estivesse engasgando, ou, mesmo que não acorde durante a noite, o sono fica muito leve e, como consequência, sente mais sonolência, cansaço e irritabilidade durante o dia.
  
Essa é uma doença silenciosa que pode ocasionar problemas no sistema cardiovascular (hipertensão, infarto e ataque cardíaco), depressão, diabetes, impotência sexual e queda no rendimento intelectual. E está comprovado cientificamente que a apneia aumenta em sete vezes o risco de acidentes automobilísticos.
  
O aparelho intra-oral de avanço mandibular funciona da seguinte forma: ele mantém o maxilar inferior em uma posição mais à frente, para possibilitar a desobstrução da passagem de ar na gargante durante o sono. Confortável e compacto, este aparelho é o tratamento mais simples e conservador para a apneia do sono, com resultados comprovados por pesquisas desenvolvidas em vários países.
  
“O sono ruim diminui muito a qualidade de vida, portanto considere fazer um tratamento para solucionar o ronco ou a apneia. Quando você dorme bem, tem mais disposição para realizar tudo aquilo que te faz feliz.”