Dra. Lia Alves Schinetski, PHD

Porque algumas pessoas têm estalos na boca?

 

Muitas pessoas me perguntam se é normal ouvirem estalos na boca. Bem, os ruídos articulares são sugestivos de que está acontecendo algum desarranjo interno na articulação chamada ATM e são um dos sinais mais comuns de Disfunção da ATM, principalmente quando ocorrem durante a fase inicial do movimento de abertura da boca. Nesse caso a causa mais provável do ruído é o deslocamento de disco articular.

 

O disco articular é uma estrutura responsável por evitar o contato direto dos ossos que compõem a ATM. Quando você abre e fecha a boca, é o disco articular que permite o deslizamento das estruturas ósseas sem que essas sofram um atrito patológico. Quando esse disco se encontra em uma posição patológica, dizemos que está “deslocado”, frequentemente  para frente. No momento em que a pessoa abre a boca, o disco volta à posição normal (encaixado sobre a cabeça da mandíbula) e com isso acontece um barulho. Quando a pessoa fecha a boca acontece outro ruído, mais baixo, porque o disco perdeu sua posição normal e se deslocou novamente à frente da cabeça da mandíbula.

 

Uma coisa importante é que quando os estalos na boca somem espontaneamente, isso não significa necessariamente que o problema desapareceu. Pode ser que ele tenha se agravado para um deslocamento de disco em que ele fica posicionado permanentemente à frente, bloqueando a abertura bucal. Nesse caso não acontece o estalo, mas as consequências para o indivíduo são grandes: dor, rigidez muscular e limitação de abertura da boca, que pode dificultar falar ou se alimentar.

 

Uma das causas mais comuns para o deslocamento de disco é o uso muito intenso da musculatura que ocorre durante o bruxismo e o apertamento dos dentes. E alguns fatores parecem aumentar a susceptibilidade, como a frouxidão sistêmica dos ligamentos e alterações no metabolismo de colágeno.

 

O deslocamento de disco é mais frequente em adolescentes do sexo feminino. O risco que uma jovem tem de desenvolvê-lo é três vezes maior do que o do rapaz da mesma idade, e aumenta em quatro vezes mais a chance de desenvolver disfunção na idade adulta.

 

Outro tipo de ruído, que acontece com menos frequência, é a crepitação. Ela ocorre por doenças degenerativas que acometem a ATM, como a osteoartrose e a osteoartrite, e caracteriza-se por ruídos múltiplos e desorganizados, já que as superfícies ósseas apresentam irregularidades, erosões e deformações ósseas.

 

Há também estalos na boca que ocorrem porque o côndilo (cabeça da mandíbula) avança demais em relação aos limites articulares, indo além de uma protuberância óssea chamada eminência articular. Embora não seja patológico quando o do deslocamento do disco, este tipo de estalo indica a possibilidade de a pessoa ter uma espécie de “frouxidão” dos ligamentos da ATM e de outras partes do corpo, o que pode, também,  ter importância no quadro geral do paciente, a Síndrome da Hipermobilidade.

 

Barulhos na articulação nem sempre são considerados patológicos, entretanto acredita-se que a presença deles possa aumentar a probabilidade de futuros problemas de Disfunção da ATM.

 

Portanto, se você notar estalos na boca, principalmente na presença de algum outro sinal ou sintoma de Disfunção*, procure algum dentista experiente na área de ATM para diagnosticar se a sua situação necessita de algum cuidado especial.

 

* Outros sintomas característicos de Disfunção são: dor de cabeça na região das têmporas (cefaleia tensional), dor ou cansaço nos músculos da mastigação, dor ou zumbido no ouvido.

 

Assista ao meu vídeo sobre Estalos na ATM:

 

 

Leia mais:

CONTEÚDO VIP
Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Seu E-mail:


, , , , , , , , , , , ,

Comentários

Nenhum comentário ainda

Deixe um comentário

(não será divulgado)